DIVE NEWS

DIVE/SC realiza videoconferência para debater sobre o Dia Mundial da Saúde

Na tarde desta quarta-feira (27), técnicos da Gerência de Vigilância de Doenças e Agravos Crônicos (GEVRA), da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, realizaram uma videoconferência com 11 regionais de Saúde para alinhamento de ações para promoção da saúde em alusão ao dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde.

Simone Meireles S. Pacheco, enfermeira da Divisão de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANTs), conduziu a apresentação destacando a importância de hábitos de vida saudáveis. “Precisamos que a população incorpore esses hábitos. E para isso vamos destacar a importância da imunização, da atividade física regular, da alimentação saudável desde a infância”, explica.

O consumo excessivo de sódio e de gorduras saturadas aumenta o risco de doenças do coração, enquanto o consumo excessivo de açúcar aumenta o risco de cárie dental, de obesidade e de várias outras doenças crônicas, como câncer e diabetes.

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT’s) são responsáveis por mais de 70% de todas as mortes no mundo. Isso inclui 15 milhões de pessoas que morrem prematuramente, ou seja, com idade entre 30 e 69 anos.

As ações do Dia Mundial da Saúde fazem parte do movimento #secuidaSC. A maioria dos municípios já confirmou diversas atividades. Como Paulo Lopes, na Grande Florianópolis, que no dia 6 de abril, a partir das 13h, vai desenvolver uma série de atividades na praça, com vacinação contra a febre amarela, disponibilização de testes rápidos e atividades de saúde bucal.

  

 

Mais notícias